Um blog sobre sexo e diversão

Dicas para curtir os prazeres do sexo

Como utilizar as redes sociais para encontrar uma parceira

Internet é uma oportunidade para conhecer pessoas, procurar uma aventura ou um relacionamento sério. Por isso, muitos usuários tentam sua sorte nas redes sociais. E alguns são bem sucedidos e outros não são. E ter sucesso vai depender exatamente de como você usa seus canais sociais.

Um casal fazendo sexo

Aqui estão algumas dicas:

A frase que descreve você é muito importante. Isso diz muito sobre você e suas intenções na rede. Um breve “Olá” ou frases demasiado literárias tipo: “Ando a navegar na net para encontrar um porto onde passar o resto dos meus dias” não são altamente recomendadas.

Publicar uma foto recente. Não faça o jogo de colocar a foto em que você ficou tão bem, mas que é de cinco anos atrás. Se você está à procura de parceiros em algum momento você ele/ela vai te encontrar pessoalmente e vai ver seu rosto e lembre-se que a primeira impressão (a imagem em sua rede) é aquela que conta. Se você hoje é muito diferente a decepção pode ser muito grande.

Seja divertido; relaxe-se enquanto está online. As pessoas querem se divertir, ficar longe da rotina diária e encontrar alguém especial com quem compartilhar momentos especiais para um fim de semana ou uma vida inteira. Não tem sido inventado ainda redes sociais para melancólicos.

Gaste algum tempo para preencher seu perfil e faça que soe sincero e consistente. Se você está procurando relacionamentos casuais, é melhor dizê-lo logo. Se você preferir algo mais sério, também.

“Quem mais quere…”. Você pode pensar que colocar em seu perfil que você está procurando amizade, romance, sexo, casamento, etc. vai lhe dar mais oportunidades, mas não é assim. As pessoas que realmente querem um namoro têm isso muito claro na cabeça e quem quer encontrar pessoas só para sexo, também.

Se na vida normal não queremos ser entediados, muito menos nas redes sociais. Além disso, sendo uma comunicação digital, a outra pessoa pode perder a confiança em você e você vai perder a possibilidade de se aproximar.

Finalmente e muito importante, como em um relacionamento comum, você tem que ir passo a passo. De um “Olá” não é aconselhável passar logo para um “Você quer fazer sexo comigo?”, mas, melhor para um “como estas”.

Superar a timidez com os encontros on-line

Conhecer outras pessoas nunca foi tão fácil como é hoje. Nós apenas temos que conectar-se à internet e podemos encontrar muitas pessoas como nós que estão ansiosas para conhecer o amor ideal.

Um casal fazendo sexo

No entanto, depois de conhecer alguém online em algum momento, tomara iremos dar mais um passo e ficar cara a cara com aquela pessoa. Um momento que certamente deve ser agradável e tranquilo, muitas vezes se torna uma experiência agonizante porque nervos e inquietação de saber se a pessoa que você conheceu na net é o que realmente pensava que era.

Nada a perder

O que acontece se a pessoa que vem para o encontro não é nada parecida com o que a gente estava esperando? Muitas vezes, as fotos postadas online mentem ou escondem a verdade (todos nos publicamos nossas melhores fotos para dar a melhor impressão) e até mesmo se a pessoa que temos pela frente é como vimos nas fotos talvez a sua personalidade é muito diferente.

Mesmo nos piores casos, a experiência de conhecer outra pessoa será uma experiência enriquecedora. Você poderá não ter encontrado o amor da sua vida naquela ocasião, mas você sempre pode fazer um novo amigo ou talvez apenas ter um bom tempo em companhia de uma pessoa agradável.

Temos de superar a timidez e aproveitar a oportunidade que nos dão os sites de namoro e encontros online para nos abrirmos para este mundo de oportunidades que nunca antes tinha sido tão rico. Há uma grande porcentagem de pessoas que têm encontrado o amor da sua vida através da internet. Porque perder a oportunidade por medo ou timidez?

Preparando-se para o encontro

Nós temos que manter a calma em todos os momentos. É fácil deixar corre a imaginação e nos colocar em situações extremas. Como já dissemos antes, na pior das hipóteses, não importa: você vai levar para casa mais experiência que irá lhe ajudar a lidar com mais facilidade em outros encontros futuros. Então você tem que superar a timidez e ser capaz de lidar com a pessoa com quem você se encontrou. Também a pessoa com quem você vai se reuniram com medos e ansiedades. Vocês têm que aproveitar ao melhor do tempo juntos, se conhecer, se relaxar e se tem química, pôr as bases para um relacionamento.

Amigos com Benefícios: realidade ou mito?

A resposta é simples, para manter uma relação deste tipo tem que ter as coisas muito claras. Nenhum envolvimento emocional, apenas sexo e muita diversão. Por outro lado, se nenhuma das partes tem certeza do que vai acontecer, então é um mito. Mas como muitas vezes acontece, e temos testemunhs disso, que duas pessoas conseguem manter uma relação de sexo e amizade, então eu diria que a realidade.

Amigos com benefícios curtindo os prazeres do sexo Se as condições for aceitas por ambos, até pode escrever um contrato especificando como será a aventura, por exemplo, a regra que nunca nenhum dos dois pode se apaixonar, embora esta cláusula sempre vem com letras pequenas e, em alguns casos um dos dois ou ambos acabam quebrando a regra.

Também há o caso de quem quer só amigos sem ser-lo totalmente, enquanto se deitam juntos para dar uns amassos e trocar carinhos, sem chegar em fazer sexo completo. Neste caso você pode ter um conhecimento mais profundo da outra pessoa, se você quiser ou há uma grande necessidade de saber tudo. Mas se você salvar um pouco de mistério, as coisas podem se tornar mais interessantes.

Por fim, há aqueles que querem tudo, o pacote completo. Eles querem um amigo para ser ouvidos, para jantar fora, ir a festa, na balada, mas também querem as vantagens de um casal, você sabe o que quero dizer. Isso pode equivaler a ter um parceiro, mas com um relcionamento aberto, sem as formalidades da apresentação à família e de levá-lo para encontros sociais.

Ao fim tem um amigo com benefícios, sob o aspecto do sexo, é como ter um parceiro formal, mas com mais liberdade, sem compromisso, com menos responsabilidade e cuja finalidade é mais o erotismo que o romantismo. E ter um bom tempo, aproveitar o que é bom da vida de casal, disfrutar os prazeres do sexo sem ter compromisso, sem ter que dar satisfações para ninguem e, claro, sem cobrar nada dele se não for um bom desempenho na cama!